LOADING

Type to search

Sem categoria

Bulgária – Transição de portagens para o EETS

Yann Gauthier 23/10/2018

Em outubro de 2017, a Kapsch TrafficCom recebeu o contrato para implementar um sistema de portagens nacional na Bulgária para camiões com mais de 3,5 toneladas, incluindo configuração técnica e fornecimento de suporte técnico.

Em janeiro de 2018, os consórcios Kapsch Traffic Solutions e a Agência de Infraestrutura de Estradas assinaram o acordo oficial para a implementação.

Este projeto consiste na entrega e instalação de 500 terminais para registro e emissão de vinhetas eletrônicas, 100 veículos de fiscalização, 100 instalações de pesagem em movimento e 100 pórticos de portagens, além de um data center e um back office.

O novo sistema de portagens de veículos pesados ​​de mercadorias na Bulgária será lançado seguindo os dois passos decididos pelo Parlamento após as alterações da Lei da Estrada:

  • Vinhetas eletrônicas entram em vigor no dia 1 de janeiro de 2019

  • Sistema de portagens GNSS a partir do dia 16 de agosto de 2019.

A 31 de janeiro de 2019, todos os tipos de vinheta de papel para todas as categorias de veículos rodoviários serão inválidos.

Os proprietários ou utilizadores de um veículo que tenham adquirido uma vinheta de papel cuja validade expira depois de 1 de janeiro de 2019 declararão a sua conversão numa vinheta eletrónica do 15 de dezembro de 2018 ao 31 de janeiro de 2019, a fim de manter o direito de utilizar a rede rodoviária paga até ao momento.

Até 15 de agosto de 2019, veículos pesados ​​de mercadorias, autocarros e outros veículos rodoviários acima de 3,5 toneladas pagarão uma taxa de vinheta mensal, semanal ou diária.

A partir do dia 16 de agosto, o pagamento das portagens será através de um dispositivo. Desde o início, a Bulgária decidiu seguir o mesmo esquema que o sistema Hu-Go na Hungria, significando um mercado aberto a vários fornecedores de dispositivos.

A VIALTIS, como especialista em portagens, irá mantê-lo atualizado sobre os desenvolvimentos búlgaros.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *